sexta-feira, setembro 22, 2006

GARE MARÍTIMA DE ALCÂNTARA


Mais algumas imagens do cais de Alcântara, agora visto de bordo de um navio.
Nota-se o acrescento do cais, efectuado na década de oitenta
como forma de solucionar problemas de degradação da muralha devido a dragagens excessivas no início dos anos sessenta para permitir a atracação de grandes paquetes, como o FRANCE, o UNITED STATES ou o CANBERRA, com calados próximos dos 10 metros. A reconstrução do cais deu então origem ao avanço da muralha, processo que entretanto já foi ampliado para oferecer maior àrea de parqueamento de contentores e possibilitar a atracação de navios com maior calado.
No interior da estação, destaque para os paineis de Almada Negreiros, a decorar a antiga sala de embarque para passageiros de primeira classe.

LMC - 2006

2 comentários:

Neocore's disse...

Não hei de morrer sem andar no Queen Mary 2!

Excelente blog.
www.anduta.pt.vu

LUIS MIGUEL CORREIA disse...

O QM2 é de facto um navio extraordinário, seguindo a tradição dos QUEENS anteriores. E em 1007 entra ao serviço o QUEEN VICTORIA...

LMC